Argentina tem primeiro caso de ameba que “come cérebro”

Um menino de oito anos morreu na Argentina após contrair a Naegleriafowleri, conhecida como a ameba que "come cérebros" por destruir o tecido cerebral. É a primeira vez que o caso, raro, é relatado na Argentina, segundo o jornal "Clarín".