Jornalista do Washington Post preso no Irã admite espionagem

O correspondente do jornal norte-americano Washington Post no Irã, Jason Rezaian, preso há quase sete meses em Teerã, sem nenhuma acusação clara, admitiu a prática de "atividades de espionagem", afirmou nesta quarta-feira (18) um deputado ultraconservador iraniano.