Efeito colateral do Ebola no sistema de saúde pode ter matado mais que o vírus

O efeito devastador do ebola no frágil sistema de saúde da Libéria pode ter matado mais pessoas que o vírus em si, segundo um novo estudo publicado nesta terça-feira (20).