Estudo mostra como empresas brasileiras cumprem recomendações da ONU

A maioria das recomendações feitas ao Brasil em 2016 pelo Grupo de Trabalho da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Empresas e Direitos Humanos ainda não foi cumprida de forma satisfatória, e em alguns casos houve até retrocesso. A análise foi divulgada pela Conectas, organização não governamental (ONG) que defende a ampliação dos direitos humanos e acompanhou como as recomendações das Nações Unidas foram efetivamente atendidas pelas empresas e pelo governo brasileiro.