Pesquisa de Campinas encontra milhões de fungos e bactérias em escovas de dente e chupetas novas

Engana-se quem pensa que um produto novo, protegido por uma embalagem, é sinônimo de limpeza ou esterilização. Nem sempre. Um estudo feito em Campinas (SP) com escovas de dente de crianças e chupetas recém-compradas apontou uma contaminação de mais de 720 milhões de fungos e bactérias. O risco supera o dos itens usados e higienizados em casa.