Uma única mutação do vírus da zika leva à microcefalia, diz estudo na 'Science'

Desde que os primeiros casos de anomalias em bebês passaram a ser reportados no Brasil, o mundo inteiro ficou sem entender por que o vírus da zika, até então aparentemente inócuo, passou a ser associado com malformações graves e, muitas vezes, letais. E isso quase 70 anos depois de seu primeiro registro na floresta de Zika, em Uganda (1947).