Menino com 'pele de borboleta' é salvo por transplante de órgão geneticamente modificado

Poucos dias depois que Hassan nasceu na Síria, bolhas e feridas começaram a aparecer na sua pele. O menino sofria de uma doença rara, a epidermólise bolhosa juncional, que deixa a pele tão frágil quanto a asa de uma borboleta. O mal não tem cura, e 4 em cada 10 pacientes nem sequer consegue sobreviver até a adolescência.