Estudo usa amostra de sangue para detectar Autismo em crianças

Um estudo confirmou o sucesso em detectar com precisão se uma criança tem transtorno do espectro autista (TEA) usando uma amostra de sangue. Realizado pelo Instituto Politécnico Rensselaer, em Nova York, o estudo foi publicado na edição de junho da revista científica "Bioengineering&Translational Medicine". O estudo foi feito um ano depois de os pesquisadores publicarem seu trabalho em um estudo similar anterior.