Inteligência Artificial não pode perpetuar preconceitos, alertam especialistas

A inteligência artificial poderá contribuir para perpetuar os preconceitos, especialmente os sexistas, se não se prestar atenção aos dados usados para alimentá-la, alertaram várias especialistas reunidas nesta quinta-feira no Mobile World Congress de Barcelona.