Após alta de 20% nos alunos de cursos à distância, ministro quer travar uso da EAD na área da saúde

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que cursos nas áreas de saúde, como medicina, enfermagem e fisioterapia, não podem ser ofertados em modalidade à distância. Segundo ele, como os cursos exigem uma formação prática maior, os treinamentos do profissional devem ser presenciais.