Com repasse de R$ 40 milhões, Inpe tem menor verba em dez anos e tenta driblar falta de recursos

Com satélite de monitoramento de floresta Amazônia 1 e a previsão do tempo ameaçados pela falta de recursos, o orçamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) será em 2018 o menor em pelo menos dez anos. Neste ano o instituto recebeu repasse de R$ 40,6 milhões, e segundo o diretor, Ricardo Galvão, o valor cobre apenas o pagamento das contas de subsistência, como o pagamento de servidores, contas de energia e telefone e contratos já fechados.