Grupo de jornalistas surdos conseguiu lançar um dos programas mais assistidos em Moçambique

"Olá, nós somos a TV Surdo, a mídia inclusiva. Hoje entramos na sua casa para 30 minutos de muita informação". Assim, Sousa Pinto Camanguira e Carla Xerinda recebem os telespectadores para um programa de notícias, transmitido nas manhãs de domingo pela principal emissora de Moçambique. Surdos, eles falam em língua de sinais moçambicana e são acompanhados por uma narração em português, língua oficial do país.