Uma em cada sete crianças com microcefalia por zika recebeu atendimento médico completo em 2017

Apenas uma em cada sete (14%) crianças com anomalias por zika recebeu o atendimento completo para a condição no Brasil em 2017. Os dados se referem ao último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, criado para acompanhar a saúde de crianças brasileiras afetadas pelo vírus. O período é correspondente às semanas epidemiológicas de 1 a 52 (de 1/1 a 30/12).