Classes C, D e E do Paraná pretendem voltar a comprar

O Indicador de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), elaborado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio/PR), atingiu 101,9 pontos em janeiro entre as famílias com renda de até dez salários mínimos. Por ter ultrapassado a média de 100 pontos (em uma escala que varia de 0 a 200 pontos), o indicador de intenção de consumo pode finalmente ser considerado positivo, situação que não ocorria desde junho de 2015.